UM ponto focal.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

UM ponto focal.

Mensagem por MR CARDOSO em Qua 11 Jan 2017, 16:11

Nao sei se já possa ter ocorrido a outros amigos do forum o que presentemente me vai na alma:
UM ponto focal. Por outras palavras: UM único relogio para usufruto.



Estou presentemente (sem querer levar ao sentido de divulgação comercial) a despachar a minha modesta colecção
por ter encontrado um relogio (usado) segmento superior para substituir todos os outros.
Uma espécie de downsizing. Faço bem? Ou será impulso passageiro?
(à semelhança do espírito consumista habitualmente presente)...
Opiniões? Wink
avatar
MR CARDOSO

Mensagens : 61
Data de inscrição : 02/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por m84 em Dom 15 Jan 2017, 21:08

Olá Miguel,

acho que isso é uma questão muito pertinente que que já deve ter passado pela cabeça de muitos!

Eu por exemplo, volta e meia vejo relógios 'baratos' online, leiloes e afins, que acho piada e que até podia comprar, mas depois fico a pensar se mais vale a pena não comprar nada disso e juntar para um mais caro e que me inspira verdadeiramente? E normalmente sigo por esse caminho (e por isso ainda estou à e$pera!) Razz

Por norma sou mais do tipo de pensamento que privilegia qualidade acima de quantidade, e por isso, não acho mal que te dediques a uma peça só que te encha o coração, do que teres uma carrada deles que não te digam muito.

Se será impulso passageiro, só tu saberás! Mas uma coisa é certa, muito poucas coisas são verdadeiramente permanentes...

Já agora, qual seria esse, aquele A Lange Sohne?? Wink

Abraço,
Lourenço
avatar
m84

Mensagens : 897
Data de inscrição : 07/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por MR CARDOSO em Seg 16 Jan 2017, 08:44

Olá Lourenço,
O relogio em causa seria (será) um Jaeger-lecoultre Memovox.
O Lange é... "demasiado".
Wink

Abr, mig
avatar
MR CARDOSO

Mensagens : 61
Data de inscrição : 02/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Goodstuff em Seg 16 Jan 2017, 13:59

@m84 escreveu:Olá Miguel,

acho que isso é uma questão muito pertinente que que já deve ter passado pela cabeça de muitos!

Eu por exemplo, volta e meia vejo relógios 'baratos' online, leiloes e afins, que acho piada e que até podia comprar, mas depois fico a pensar se mais vale a pena não comprar nada disso e juntar para um mais caro e que me inspira verdadeiramente? E normalmente sigo por esse caminho (e por isso ainda estou à e$pera!) Razz

Por norma sou mais do tipo de pensamento que privilegia qualidade acima de quantidade, e por isso, não acho mal que te dediques a uma peça só que te encha o coração, do que teres uma carrada deles que não te digam muito.

Se será impulso passageiro, só tu saberás! Mas uma coisa é certa, muito poucas coisas são verdadeiramente permanentes...

Já agora, qual seria esse, aquele A Lange Sohne?? Wink

Abraço,
Lourenço

só após muitas dessas compras baratas....... comecei a pensar assim...... mas também não resisto a uma pechincha........
mas agora compreendo o contra desta colecção de relogios baratos..... o retorno......
Pois caso estivesse a pensar em reduzir, o gosto pela peça ainda existe, e o valor comercial baixo. Logo nem vai valer a pena, logo ficamos com eles.........
é uma encruzilhada ..... ainda por cima gosto deles com trabalho por fazer...... para me entreter nos serões.........
já vi que não fui feito para maquinas de alta relojoaria.
avatar
Goodstuff

Mensagens : 544
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 40
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Pedro Pereira em Ter 17 Jan 2017, 18:17

Boas Very Happy

Tópico interessante!

Também já me ocorreram dúvidas e pensamentos semelhantes,mas o tempo vai-se encarregando de responder.

Pela minha parte já percebi que nunca serei um colecionador ou seja... Ter muitos relógios,um tipo de relógio em especial ou marca. Quando cheguei a ter mais de 20 relógios,percebi que não conseguia lidar com isso. O facto de ter tantos e ter tão pouco tempo para eles todos, mexia comigo.
Porque gosto de coisas antigas que possa usar no dia a dia e não conseguia ter tempo para eles todos.

Fui reduzindo a quanidade,mas há sempre aquele ou outro,que ainda não queremos que vá embora,mesmo que o utilizemos pouco.

Portanto,estou num dilema... Sinceramente,não queria ter mais do 5 relógios,mas já não consigo voltar ao passado e ter apenas um relógio e andar sempre com ele...

Evitar comprar relógios por impulso,ou porque o preço é bom ou porque nos aparece à frente,tendo em vista poupar para "aquele" relógio especial é uma boa tactica. Para mim é mais dificil,porque não tenho apenas um relógio na lista de most wanted.

Se aquele relógio especial fosse uma peça muito cara,isso seria um incentivo para poupar para isso,mas desgraçadamente deixei-me seduzir pelos Diver's da Seiko e outras marcas Japonesas que não são muitos caros ( excluindo Marine Masters e outros ) e se encontram com relativa facilidade.

Mas pronto,também pode ser que mude de estilo,quem sabe... Smile

Não existem repostas correctas nem caminhos a seguir,porque cada um de nós tem uma motivação diferente,dentro do mesmo assunto.


avatar
Pedro Pereira

Mensagens : 273
Data de inscrição : 04/11/2016
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Goodstuff em Qua 18 Jan 2017, 14:16

@Pedro Pereira escreveu:Boas Very Happy

Tópico interessante!

Também já me ocorreram dúvidas e pensamentos semelhantes,mas o tempo vai-se encarregando de responder.

Pela minha parte já percebi que nunca serei um colecionador ou seja...  Ter muitos relógios,um tipo de relógio em especial ou marca.  Quando cheguei a ter mais de 20 relógios,percebi que não conseguia lidar com isso.  O facto de ter tantos e ter tão pouco tempo para eles todos, mexia comigo.
Porque gosto de coisas antigas que possa usar no dia a dia e não conseguia ter tempo para eles todos.  

Fui reduzindo a quanidade,mas há sempre aquele ou outro,que ainda não queremos que vá embora,mesmo que o utilizemos pouco.

Portanto,estou num dilema...  Sinceramente,não queria ter mais do 5  relógios,mas já não consigo voltar ao passado e ter apenas um relógio e andar sempre com ele...

Evitar comprar relógios por impulso,ou porque o preço é bom ou porque nos aparece à frente,tendo em vista poupar para "aquele" relógio especial é uma boa tactica.  Para mim é mais dificil,porque não tenho apenas um relógio na lista de most wanted.

Se aquele relógio especial fosse uma peça muito cara,isso seria um incentivo para poupar para isso,mas desgraçadamente deixei-me seduzir pelos Diver's da Seiko e outras marcas Japonesas que não são muitos caros ( excluindo Marine Masters e outros ) e se encontram com relativa facilidade.

Mas pronto,também pode ser que mude de estilo,quem sabe... Smile

Não existem repostas correctas nem caminhos a seguir,porque cada um de nós tem uma motivação diferente,dentro do mesmo assunto.


Pois, então já estou mesmo desgraçado, pois não só gosto de um certo estilo como também tenho uma marca favorita. E as compras impulsivas ainda estão presentes, mas espero que o tempo efectivamente ajude nesse campo.
Só espero nunca chegar a situações extremas, que me foram contadas, pois não conheço casos em concreto. Em que esta paixão e gosto ultrapassa os limites (como tudo no vida) e desgrace pessoas e famílias.
avatar
Goodstuff

Mensagens : 544
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 40
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Sansoni7 em Qui 09 Mar 2017, 12:45

Eu para já compro ( em função do preço, claro) o que gosto .... e se poder aliar a marca....tanto melhor. No entanto, preferencialmente o gosto pelo item e a sua originalidade.
Para já colecciono para usar, alguns, mas essencialmente para «ter».....uma peça de que gosto e à qual estou ligado, por razões sentimentais/familiares, ou tão só porque me chegou em estado lastimavel e «está ali que se pode ver»....
avatar
Sansoni7

Mensagens : 1066
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Goodstuff em Qui 09 Mar 2017, 14:09

compreendo esse ponto de vista e partilho , mas como disse anteriormente, não os conseguimos salvar a todos. Estou a começar a fazer o desmame, pois ainda recentemente já consegui resistir á compra de 2 para fazer 1. pois nisto das peças, já comprei e compro relógios inteiros para peças...... Mas depois de tudo somado, não sei se compensaria comprar logo um em condições. Mas também começo a ver que é mais colecção do que uso quotidiano. O que começa a desvirtuar esta minha posição inicial. Que é um relógio válido e de uso diário.
avatar
Goodstuff

Mensagens : 544
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 40
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Sansoni7 em Qui 09 Mar 2017, 14:22

Eu só compro os que têm «salvação»....
O que acontece é que depois do «salvamento» feito os custos são elevados e não têm retorno, ou seja, se quiser vender «aquele» relógio, ninguém me dará o dinheiro investido. Resta-me a «consolação» de olhar para ele e comparar o estado em que chegou...com o estado em que está....e já tenho alguns nesta situação. Para já, «isto» também me faz continuar.
Obviamente que se me aparece uma «peça» de marca sonante a um preço aceitável, ás vezes «não resisto»....
Quando ao uso, neste momento, 90% são utilisaveis no dia a dia....
Um ou outro permanece na «caixinha» dado o seu....«exotismo»..... Very Happy
avatar
Sansoni7

Mensagens : 1066
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM ponto focal.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum