Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Ter 21 Fev 2017, 12:03

Pois é, eu tinha a ideia de que um restauro de um relógio vintage, implicava pô-lo impecável; como os meus relógios restaurados são para usar no dia a dia, para mim, não poderia ser de outra forma.
Pois bem, de acordo com malta do Fórum, um relógio vintage para coleção deve permanecer, tanto quanto possível, como está, mostrando os anos que por ele passaram.
O que pensam vocês destas opiniões?
Quem por aqui coleciona relógios vintage, restaura-os ou «guarda-os» como os «encontraram»?
E para ajudar ao tema:
https://acervovintage.wordpress.com/2014/07/28/como-colecionar-antiguidades/

http://vip.abril.com.br/estilo/cada-um-no-seu-tempo-colecionadores-contam-sobre-seus-relogios-de-pulso/

http://relogiocomestilo.com.br/vintage-o-poder-e-fascinio-dos-relogios-classicos/
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por altc em Ter 21 Fev 2017, 12:27

Como disse noutro tópico é, acima de tudo, uma questão de gosto pessoal. No meu caso quando compro um relógio vintage procuro sempre o melhor exemplar possível (já comprei relógios a precisar de trabalhos e eu é que me meti numa carga de trabalhos, gastei o dinheiro, não fiquei satisfeito e quando quis vender foi outra carga de trabalhos...) e no estado mais original possível (relógio polido é um risco porque é muito ténue a linha que separa um relógio mais "limpo" de um relógio destruído, na maior parte dos casos não é possível reconstituir o acabamento original).

Por isso no meu caso: revisão da máquina, que é essencial, e mais nada (abro uma excepção para os vidros por que às vezes já estão de tal maneira riscados ou estalados que estão para lá da salvação...)

Agora não deixa de ser irónico que, por exemplo e o M84 sabe que isto é mesmo assim, quem tenha comprado um Omega Speedmaster 2915 e não lhe tenha feito nada a não ser usá-lo até não dar mais e o tenha esquecido no fundo de uma gaveta tem hoje um relógio de 70 ou 100k com compradores a acotovelar-se para o apanhar, quem tenha comprado o mesmo relógio nos anos 50 e o tenha enviado para a Omega para serviços regulares e se esta tiver feito (como sempre faz) a manutenção de acordo com os manuais, com a substituição regular de ponteiros, de puxadores, de vidro, de coroa, eventualmente, de mostrador e restauro de caixa tem hoje um relógio de 2 ou 3k, e isto se encontrar comprador... Bem, pelo menos a Omega devolve as peças substituídas e, um dono cuidadoso que as tenha guardado, ainda pode reconstituir o relógio original e salvar algum valor, já a Rolex nem isso faz: substitui as peças e não devolve as antigas (até já li que é a própria Rolex que abastece o mercado vintage com as peças que substitui. Não sei se é verdade mas quando se andam a pedir 800 ou 1000 euros por uma determinada coroa

altc

Mensagens : 154
Data de inscrição : 01/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Ter 21 Fev 2017, 12:34

Obrigado altc pelo teu contributo.
Vou estar mais atento ás compras que faço, sob pena de poder estar a fazer investimentos....só porque sim.
Aliás, o Pulo Girão já me tinha alertado para o facto.
Sempre a aprender juntamente com o facto de querer usar um item «que não envergonhe» quem o usa. Embarassed
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Girão em Ter 21 Fev 2017, 12:52

Tema interessante...
avatar
Girão

Mensagens : 379
Data de inscrição : 19/04/2015

http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Ter 21 Fev 2017, 13:02

Isto é a vontade de aprender..... Shocked
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Girão em Ter 21 Fev 2017, 17:23

Aprender "não ocupa lugar" ... Todos os dias se aprende algo e muito Smile
avatar
Girão

Mensagens : 379
Data de inscrição : 19/04/2015

http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Goodstuff em Ter 21 Fev 2017, 17:58

Sansoni7 escreveu:Obrigado altc pelo teu contributo.
Vou estar mais atento ás compras que faço, sob pena de poder estar a fazer investimentos....só porque sim.
Aliás, o Pulo Girão já me tinha alertado para o facto.
Sempre a aprender juntamente com o facto de querer usar um item «que não envergonhe» quem o usa. Embarassed

Concordo com o Altc.
A partir de certo nível de relojoaria, é a postura a ter. Sem duvida.

Agora compreendo o Sansoni7.
Pois também tenho que ficar atento ás compras que efectuo.
Mas também não os quero restaurados.
Quero com bom aspecto. Com a devida patina e caixas gastas, etc.... mas com bom aspecto. e A funcionar. Para mim mais importante.

Agora estou de volta de um Cauny Lady (unitas 6360) da minha mãe. consegui pó-lo a brilhar, mas continua com as marcas do tempo. A funcionar, ainda não, investimento baixo, 2 peças que aguardo a chegada (balanço e a ponte do acerto).

Mas tenho lá alguns que sei que não vai valer a pena........ o que lhe puder fazer.......

Conselho ao Sansoni7 - Não conseguimos salva-los a todos, alguns vão ter que ir ........
avatar
Goodstuff

Mensagens : 383
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 40
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Girão em Ter 21 Fev 2017, 21:15

Ainda não li como deve de ser o post do Altc (super ocupado Neutral ). Somente na diagonal.
Onde refere que a Rolex fica com as peças e vende-as no mercado paralelo... Não é assim, eles não as entregam para que não haja depois por parte do cliente, vendas no mercado paralelo.
Agora que alguns funcionários/colaboradores se possam "abotoar" com isto...
avatar
Girão

Mensagens : 379
Data de inscrição : 19/04/2015

http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por m84 em Ter 21 Fev 2017, 23:03

altc escreveu:Como disse noutro tópico é, acima de tudo, uma questão de gosto pessoal. No meu caso quando compro um relógio vintage procuro sempre o melhor exemplar possível [...]

Por isso no meu caso: revisão da máquina, que é essencial, e mais nada (abro uma excepção para os vidros por que às vezes já estão de tal maneira riscados ou estalados que estão para lá da salvação...)

Agora não deixa de ser irónico que, por exemplo e o M84 sabe que isto é mesmo assim, quem tenha comprado um Omega Speedmaster 2915 e não lhe tenha feito nada a não ser usá-lo até não dar mais e o tenha esquecido no fundo de uma gaveta tem hoje um relógio de 70 ou 100k com compradores a acotovelar-se para o apanhar, quem tenha comprado o mesmo relógio nos anos 50 e o tenha enviado para a Omega para serviços regulares e se esta tiver feito (como sempre faz) a manutenção de acordo com os manuais, com a substituição regular de ponteiros, de puxadores, de vidro, de coroa, eventualmente, de mostrador e restauro de caixa tem hoje um relógio de 2 ou 3k, e isto se encontrar comprador... [...]

Mais uma vez subscrevo ao que o altc disse, e bem, pois é a minha postura apesar de ter poucos relógios pessoalmente. Mas também foi uma 'mentalidade' que foi afinada ao longo do tempo, pois sempre gostei de coisas 'usadas' e com história.

Casos como o exemplo do Speedmaster aplicam-se a praticamente todas as grandes marcas a partir de um certo nível/gama. Já no encontro do fórum discutíamos o nível de 'obsessão', e consequente sentido comercial, de que os fãs da Rolex vintage têm nesse sentido. Há cenas um pouco ridículas, enfim!
O que para uns é um relógio que antes estava bem batido e gasto e agora está 'novo' e impecável, é para outros um verdadeiro desgosto...

Acho que no seu estado original, os relógios (como outras peças) reflectem um pouco da sua vivência e história e os torna um pouco mais especiais. São os únicos com aquela vida. Acho que já referi isto noutro tópico, mas o meu Speedmaster, por exemplo, tem um bizel já um pouco esbatido — originalmente era preto e agora está cinzento, ou o que os apreciadores da Rolex vintage chamariam ghost (fantasma)  Rolling Eyes  — e tive quase para não o comprar por causa disso.
Mas felizmente acabei por  comprá-lo e hoje este relógio é o 'meu' relógio. O 'meu' Speedmaster. Há muitos parecidos mas este, com esta patine e vida, só há este, e é 'meu'.
Parece um pouco tonto, mas faço-me entender?

Goodstuff escreveu:
Concordo com o Altc.
A partir de certo nível de relojoaria, é a postura a ter. Sem duvida.
[...]
Quero com bom aspecto. Com a devida patina e caixas gastas, etc.... mas com bom aspecto. e A funcionar. Para mim mais importante.
Sansoni7 escreveu:
Sempre a aprender juntamente com o facto de querer usar um item «que não envergonhe» quem o usa. Embarassed

Enfim, para resumir, e como já foi dito: ao fim ao cabo, cada um sabe de si e do que gosta. Mas pessoalmente acho que se deve tentar comprar o melhor exemplar que se consegue, e depois tratar apenas do absolutamente essencial. Eu não me "envergonho" quando ando com um relógio já meio batido no pulso. Aliás, até tenho mais gozo pois sei que maior parte das pessoas não percebe ou aprecia este tipo de coisas. Cool

Bom tópico Sansoni7!
avatar
m84

Mensagens : 687
Data de inscrição : 07/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Qua 22 Fev 2017, 08:18

Concordo com tudo o que foi escrito mas também entendo que é muito importante percebermos alguma coisa de relógios, para não nos singirmos só pelo «look exterior», sob pena, por exemplo, de estarmos a investir numa «bela replica».
Eu ainda estou na fase de adquirir Conhecimento......
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por altc em Qua 22 Fev 2017, 11:09

Sr. Girão,

Eu não disse que a Rolex vendia as peças no mercado paralelo, o que eu disse foi que li algures (vou ver se encontro) que as peças substituídas pela Rolex voltariam ao mercado com a conivência ou, pelo menos, com o conhecimento da marca.

Quanto a não devolverem as peças, eu sei que o argumento deles para não o fazerem é esse mas não posso aceitá-lo. Se eu compro um relógio, o relógio é meu, a Rolex (neste caso, mas há outras marcas que procedem da mesma forma) não tem quaisquer direitos sobre ele, as peças são minhas e faço delas o que quiser. É ridículo a Rolex vender um relógio e pensar que pode deter direitos sobre ele eternamente, gosto muito da marca e acho que faz relógios extraordinários e que ao contrário do que se pensa não são muito caros (que outra marca oferece a mesma qualidade, fiabilidade, prestígio e retenção de valor pelo mesmo preço?), agora há certos comportamentos que não compreendo...

Só um exemplo de como algumas marcas pensam que vendem os relógios e continuam donas deles: um amigo meu comprou num revendedor autorizado um Jaeger Le Coultre, foi aconselhado pelo vendedor que o relógio teria que ser revisto, na marca, de dois em dois anos. E ele, o meu amigo e não seguindo o meu conselho, ao fim de dois anos religiosamente levou o relógio à marca para revisão. Demoraram oito meses, oito, não me enganei, a devolver-lho. Temos portanto que no entender dos senhores da Jaeger de dois em dois anos têm o direito de reter o relógio na sua posse durante oito meses!!!

altc

Mensagens : 154
Data de inscrição : 01/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por altc em Qua 22 Fev 2017, 11:57

Como o M84 disse, no encontro falamos, sobe como o mercado relativamente a algumas marcas/modelos se comporta de forma irracional e, na minha opinião, sem sustentação futura.

Por exemplo, e já que falou nele, eu considero a escala "ghost" do Speedmaster do M84 bastante atractiva e que dá um toque diferente ao relógio sem perder originalidade mas a questão que se coloca é: eu pagaria um prémio por um relógio com uma escala "ghost" em vez de um relógio igual mas com uma escala como nova desde que correcta? Não, não pagaria. Se pudesse escolher entre os dois, e ceteris paribus, talvez até escolhesse um com a escala "ghost" porque o torna diferente de todos os outros mas não pagaria mais por isso, isso não.

Vou abrir um tópico sobre as três características que mais interessam na avaliação de um relógio vintage: condição, condição e condição


altc

Mensagens : 154
Data de inscrição : 01/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Qua 22 Fev 2017, 11:59

Isso mesmo, altc...e, já agora, começa por «definir» o que se entende por um relógio vintage. Wink

______________
Não repetiste «condição» ? Question
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por altc em Qua 22 Fev 2017, 12:00

Sansoni,

Nos vintage a questão das réplicas quase não se coloca (há uns Seamaster falsos, famosos, que foram feitos nos anos 50/60 mas são tão mal feitinhos, coitadinhos, que não enganam um cego). A questão nos vintage é os franken, ou seja, relógios montados (total ou parcialmente) com peças de outros relógios que não são correctos para a época e/ou modelo

altc

Mensagens : 154
Data de inscrição : 01/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Qua 22 Fev 2017, 12:04

«Quase».....
Do que andei a ler, cada vez mais as réplicas são «mais parecidas»...chegando a ter o peso do original.
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por altc em Qua 22 Fev 2017, 12:24

Sim mas isso é nos modelos novos, nos vintage os pormenores são tantos e os interessados tão poucos (relativamente) que não vale o trabalho.

P. ex: mais uma vez o Speedmaster que é um relógio que toda a gente conhece, há milhares, ou milhões, de clientes para uma réplica de um Speedmaster que tenha semelhanças, ainda que vagas, com um relógio novo. Por outro lado os clientes que procuram um vintage são muito menos e muito atentos a pormenores que dão muito trabalho a replicar em escala (que é a única maneira de os falsificadores ganharem dinheiro): escala "DON", escala base 1000, o acento no "E", a fonte da letra usada, stepped dial, o uso de tritium, os pormenores da tampa traseira, o logo aplicado ou pintado, as referências da bracelete e dos endlinks, etc... tudo isto são coisas importantes, que variaram ao longo do tempo e difíceis de replicar...

altc

Mensagens : 154
Data de inscrição : 01/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Qua 22 Fev 2017, 12:32

Lá está....pormenores que só não escapam a «entendidos».
______
O Rolex Submarine pertence aos «vintage»?
Se sim, continuam a comercializar-se réplicas, à primeira vista, «muito parecidas» e cujas diferenças facilmente escapam a um «leigo».
Muito cuidado, acima de tudo, é o que se exige.
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por m84 em Qua 22 Fev 2017, 13:11

Sansoni7 escreveu:Lá está....pormenores que só não escapam a «entendidos»..

Pois, isso é o que torna este mundo interessante! Smile O ganhar do conhecimento e experiência é que fazem a diferença...

Sansoni7 escreveu:
O Rolex Submarine pertence aos «vintage»?
Se sim, continuam a comercializar-se réplicas, à primeira vista, «muito parecidas» e cujas diferenças facilmente escapam a um «leigo».
Muito cuidado, acima de tudo, é o que se exige.

Sansoni7, o termo vintage é um termo genérico que se pode aplicar a inúmeras coisas.

Neste caso em particular, relógios, o termo vintage no geral aplica-se a relógios chamados 'antigos' (com uma certa idade) e que já não se encontram em produção. Nesse sentido todas as marcas podem ter modelos considerados vintage, e em relação ao que pergunta, o modelo Submariner da Rolex será considerado vintage desde que seja antigo e não um dos novos que estão em produção hoje em dia.

Agora pergunto: Quantos anos pode ter uma peça para ser considerada VINTAGE, ANTIGO ou simplesmente VELHO?
Posso estar errado mas pessoalmente considero um vintage um relógio com pelo menos uns 30 anos, enquanto um antigo diria mais de 80/90.


Última edição por m84 em Qua 22 Fev 2017, 13:12, editado 1 vez(es)
avatar
m84

Mensagens : 687
Data de inscrição : 07/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por m84 em Qua 22 Fev 2017, 13:12

Sansoni7 escreveu:
______________
Não repetiste «condição» ? Question

Nunca é suficiente repetir CONDIÇÃO nos vintage Wink
avatar
m84

Mensagens : 687
Data de inscrição : 07/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Sansoni7 em Qua 22 Fev 2017, 13:19

Vintage, num relógio, implica sempre «já não estar em produção»?
avatar
Sansoni7

Mensagens : 565
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Goodstuff em Qua 22 Fev 2017, 13:48

altc escreveu:

Vou abrir um tópico sobre as três características que mais interessam na avaliação de um relógio vintage: condição, condição e condição


Isso é que é de valor. Dicas e conselhos, vou ficar á espera......

Entretanto já parece o meu CEO, mas ele usa outra palavra..........
avatar
Goodstuff

Mensagens : 383
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 40
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Girão em Qua 22 Fev 2017, 15:09

altc escreveu:Sr. Girão,

Eu não disse que a Rolex vendia as peças no mercado paralelo, o que eu disse foi que li algures (vou ver se encontro) que as peças substituídas pela Rolex voltariam ao mercado com a conivência ou, pelo menos, com o conhecimento da marca.

Pois, mas não.. Acho que a Rolex não necessita de enveredar por aí... Alguém inventou isso... Mas acontece com colaboradores da Rolex que tentam e conseguem ir por aí...

altc escreveu: Se eu compro um relógio, o relógio é meu, a Rolex (neste caso, mas há outras marcas que procedem da mesma forma) não tem quaisquer direitos sobre ele, as peças são minhas e faço delas o que quiser.

Compreendo o ponto de vista e partilho da mesma opinião, mas...
avatar
Girão

Mensagens : 379
Data de inscrição : 19/04/2015

http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Girão em Qua 22 Fev 2017, 15:18

m84 escreveu:
Agora pergunto: Quantos anos pode ter uma peça para ser considerada VINTAGE, ANTIGO ou simplesmente VELHO?
Posso estar errado mas pessoalmente considero um vintage um relógio com pelo menos uns 30 anos, enquanto um antigo diria mais de 80/90.

Vintage. Tal como nome indica, mais de 20 anos
avatar
Girão

Mensagens : 379
Data de inscrição : 19/04/2015

http://paixaoporrelogiosvintage.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por altc em Qua 22 Fev 2017, 15:26

Essa do que é um vintage não é muito fácil de explicar por palavras mas vou dar a minha opinião:

Um relógio velho é apenas um relógio, que como o nome sugere é um relógio que já tem alguns anos, mas, também, implica um certo sentido pejorativo. Ou seja, algo quase obsoleto, que tem pouco valor monetário e que não vale a pena manter.

Um relógio antigo, é um relógio mais tradicional e já com mais prestígio e valor. É um relógio com um determinado valor, mais decorrente dos anos que tem que do próprio relógio.

Um relógio vintage envolve não apenas idade, mas também qualidade. Um vintage era um bom relógio quando foi feito e assim se mantém, ou seja, amadureceu com equilíbrio e vale a pena preservar.

Para se distinguir de um relógio antigo um relógio vintage tem de ter outra particularidade que é a notabilidade e essa notabilidade pode ser de vários tipos: qualidade e/ou inovação do movimento, design, raridade, material utilizado, etc, etc…

Por isso, e para mim, um relógio vintage é um relógio antigo, de qualidade e notável.

altc

Mensagens : 154
Data de inscrição : 01/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por m84 em Qua 22 Fev 2017, 16:12

altc escreveu:Essa do que é um vintage não é muito fácil de explicar por palavras mas vou dar a minha opinião:

Um relógio velho  é apenas um relógio, que como o nome sugere é um relógio que já tem alguns anos, mas, também, implica um certo sentido pejorativo. Ou seja, algo quase obsoleto, que tem pouco valor monetário e que não vale a pena manter.

Um relógio antigo, é um relógio mais tradicional e já com mais prestígio e valor. É um relógio com um determinado valor, mais decorrente dos anos que tem que do próprio relógio.

Um relógio vintage envolve não apenas idade, mas também qualidade. Um vintage era um bom relógio quando foi feito e assim se mantém, ou seja, amadureceu com equilíbrio e vale a pena preservar.

Para se distinguir de um relógio antigo um relógio vintage tem de ter outra particularidade que é a notabilidade e essa notabilidade pode ser de vários tipos: qualidade e/ou inovação do movimento, design, raridade, material utilizado, etc, etc…

Por isso, e para mim, um relógio vintage é um relógio antigo, de qualidade e notável.

Boa resposta altc! Smile
Concordo com basicamente tudo, e penso que o termo vintage no geral tem tendencia a ser usado com alguma leviandade, quando na realidade não é só a idade que é determinante, mas sim os outros aspectos mencionados que são um pouco mais profundos e exigem mais conhecimento de causa.

Entretanto, sou só eu ou há aqui uma semelhança em relação ao universo dos vinhos, por exemplo? drunken
avatar
m84

Mensagens : 687
Data de inscrição : 07/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurar....um relógio vintage; como...e porquê?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum